Prefeitos que "peitaram" isolamento agora imploram socorro em GO

Avanço de contaminações atinge o interior do estado e provoca corrida de gestores à capital


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, comeu o pão que o diabo amassou no início do isolamento social na pandemia. Só que o jogo virou.


Médico, Caiado bateu de frente com prefeitos que se rebelaram contra o fechamento das cidades. Agora, com a pandemia infestando o interior, os mesmos prefeitos que atacaram as ordens de Caiado — e deixaram que bares e o comércio continuassem abertos — imploram socorro.


Dois exemplos dessa tragédia irresponsável são os municípios de Iporá e Trindade. O primeiro tinha um caso no início de maio, quando o prefeito teimou em desrespeitar o isolamento social. No último dia 10, já eram 45 casos. Em Trindade, eram 22 casos no início de maio e um mês depois, sem isolamento, 79 casos. Em Trindade, há seis leitos de UTI. Em Iporá, nenhum.

Os números em Goiás, infelizmente só crescem, por isso devemos tomar os cuidados necessários.


Fique atento para mais informações. E se cuide, use mascara, e evite aglomerações.

0 comentário

siga nossas redes sociais

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter