MC Kevin usou droga antes de cair da varanda, confirma laudo



Segundo perícia da Polícia Civil, artista tinha MDMA no sangue, o que reforça o que disseram testemunhas. Outro laudo já havia confirmado o consumo de grande quantidade de álcool.


O exame toxicológico no sangue colhido do funkeiro MC Kevin, após a morte do artista ao cair da varanda de um hotel na Barra da Tjjuca, confirmou que ele havia usado droga.


Segundo o laudo do Instituto Médico Legal (IML) do Rio, obtido pelo G1 nesta sexta-feira (28), foi encontrada a substância MDMA no sangue – o que reforça o que haviam dito testemunhas.

Também foi apontada pelos peritos da Polícia Civil a presença de cafeína – compatível com ingredientes de energéticos que o MC e os amigos dizem ter ingerido antes do acidente.


"De acordo com as técnicas utilizadas, foi possível detectar no material analisado duas substâncias compatíveis com os padrões de cafeína e Metilenodioximetanfetamina (MDMA)", diz o laudo.

A Polícia Civil informou que o o laboratório de toxicologia não tem "metodologia para quantificação destas substâncias" e que, "portanto, não há elementos para afirmar se as mesmas foram utilizadas em doses usuais ou excessivas".


Grande quantidade de álcool

Na quinta-feira (27), outro laudo já havia confirmado que Kevin havia ingerido grande quantidade de álcool.


A concentração de álcool encontrada foi de 13 decigramas por litro. A quantidade é mais que o dobro (6 decigramas por litro de sangue) do índice que dá prisão para motoristas flagrados, por exemplo.

Especialistas dizem que na faixa entre 10 a 20 dg/L de etanol no sangue já é possível apresentar a presença da falta de coordenação dos movimentos musculares voluntários e do equilíbrio.


Depoimentos de testemunhas, como o da garota de programa que esteve com o MC e o de amigos, indicaram o consumo de álcool e drogas pelo artista. Nos depoimentos, também foi dito que, além de álcool e MDMA, Kevin também fumou maconha.

Relembre o caso

MC Kevin morreu na noite do dia 16 de maio, depois de cair do 5º andar de um hotel na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

O funkeiro estava na varanda do quarto fazendo sexo com a garota de programa Bianca Domingues, que havia conhecido horas antes no quiosque da praia.


Segundo testemunhas, Kevin achou que a sua mulher, que dormia em outro quarto, estava procurando por ele.


Para não ser pego em flagrante, ele teria se pendurado na varanda para tentar pular para a varanda do quarto abaixo, mas acabou caindo ao lado da piscina. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

MC Kevin, a mulher, amigos e a equipe estavam no Rio para um show realizado de forma clandestina, sem autorização – devido à pandemia.

0 comentário