Guarda vai multar quem estiver sem mascara até dentro de carro, em Goiânia

Uma dos itens do decreto municipal 1.187/20, que flexibilizou regras para o funcionamento do comércio em Goiânia, é o que estabelece o uso obrigatório de máscaradurante a pandemia do novo coronavírus. Nesta quarta-feira (24), a Guarda Civil Metropolitana(GCM) começa a fiscalizar e aplicar multa de R$ 627,38 ao infrator.


O comandante Wellington Paranhos, chefe da GCM, adverte: o uso deve ser feito sempre ao sair de casa, até mesmo dentro do carro.


Segundo o comandante, a GCM tem realizado as fiscalizações desde o início da pandemia na capital, fazendo cumprir o ordenamento público. A única diferença é que a máscara se tornou obrigatória a partir do novo decreto. Ele lembra que o texto não faz distinção e pede o uso a partir do momento que a pessoa deixe a sua residência.


“O objetivo não é fazer a lavratura da multa, mas conscientizar a população de que esta veste se tornou uma peça de seu corpo, como uma camisa ou calça. Algo que, a partir do momento que não utiliza, gera algo ruim para a pessoa e para os outros”, explica o comandante. “Se depararmos com alguém sem, faremos a abordagem solicitando que faço uso, pois o que vemos é que a população carrega a máscara.”


Caso a pessoa faça o uso correto, tampando nariz e boca, com o equipamento até o queixo, Paranhos diz que não haverá razão para multa. Porém, se houver desobediência ou ausência da máscara é gerada a ocorrência, identificado o abordado, e, por meio dos dados, haverá a lavratura pelo da penalidade pelo CPF.


Carro


Paranhos esclarece, mais uma vez, que a redação do decreto afirma que, ao sair de casa, o uso da máscara é obrigatório, independente de estar a pé ou de carro. “Eu mesmo, não retiro mais máscara, mesmo de carro, pois já me habituei. E é isso que procuramos conscientizar toda a população.”


Ele cita que a veste é algo novo, mas é preciso viver essa realidade. “Anda não sabemos por quantos dias, mas já se tornou peça do vestuário e precisamos que todo munícipe entenda disso ao sair de casa”, conclui.

0 comentário

siga nossas redes sociais

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter