Divino Lemes deixa dívida de R$200 Milhões para Fernando Pellozo

Salário de servidores e pagamento de fornecedores estão em atraso e precisam ser renegociados para evitar paralisações na cidade

O cenário financeiro que o prefeito de Senador Canedo, Fernando Pellozo (PSD) assumiu é preocupante. Ele estima que o Município tenha uma dívida que possa chegar aos R$ 200 milhões. As auditorias nas contas da Prefeitura ainda estão em fase de execução, mas as dificuldades em quitar a folha de pagamento e fornecedores já demonstram o tamanho do rombo.

Na primeira semana à frente da Prefeitura, Fernando Pellozo teve que lidar com grande volume de cobranças. Somente a empresa responsável pela limpeza urbana da cidade cobra cerca de R$ 3 milhões de dívidas em atraso. A iluminação pública também acumula contas em aberto junto à concessionária Enel, ocorrendo inclusive ameaça de cortes.

“A verdade é que ainda não sabemos qual o valor das dívidas que a Prefeitura tem. Acreditamos que possa chegar a R$ 200 milhões”, calcula o prefeito Fernando Pellozo. Segundo ele, um empréstimo de R$ 80 milhões, feito junto ao Banco do Brasil para financiar obras de pavimentação, terá sua primeira parcela vencendo neste mês. Mesmo assim,a gestão passada não deixou recursos nas contas da Prefeitura para arcar com o pagamento.

“A situação é preocupante. Já no processo de transição a gente esperava que houvesse dívidas. Mas de fato fomos surpreendidos”, avalia o prefeito recém-empossado. Nesta semana, Fernando Pellozo vai comprometer sua agenda com realização de reuniões com fornecedores da Prefeitura na busca por negociar débitos e impedir que a cidade deixe de ter a prestação de algum serviço.


0 comentário

siga nossas redes sociais

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter